NOSSA LUTA

domingo, 11 de junho de 2017

EU TE AMO FILHA, E ESTOU COM SAUDADES...

Resultado de imagem para frases sobre amizade entre mãe e filha

VAI VENDO OS PASSOS DA ALIENAÇÃO...ACOMPANHE COMIGO...

ENTÃO, CONVIDEI A MINHA FILHA PARA PASSAR O DOMINGO COMIGO E PERGUNTEI ANTES SE TINHA ALGUM COMPROMISSO, EDUCAÇÃO E RESPEITO PELA PESSOA NÉ?
RESPOSTA: NÃO POSSO, JÁ TENHO UM COMPROMISSO.
QUAL? - TENHO UMA FESTA DE ANIVERSÁRIO NUMA CHÁCARA.
OK. - RESPONDI - Tô com saudades filha.
HOJE QUE DIA É? DOMINGO NÉ?
SABE, ELA NÃO FOI A FESTA NENHUMA, A MADRASTA NÃO A LEVA EM LUGAR ALGUM.
PROVAS?
QUAIS, VOCÊS QUEREM.
DÁ UMA VONTADE DE ACABAR COM ISSO TUDO VIU, IR LÁ E TIRAR A MINHA FILHA DAQUELE LUGAR.
MAS A JUSTIÇA É A JUSTIÇA NÃO É?
EU NÃO DOU O MINIMO VALOR A ELA, NÃO DEFENDE O PIOR DE NÓS IMAGINE O MELHOR DE NÓS?
SAUDADES FILHA, LAMENTO POR VOCÊ.
UM DIA ISSO VAI ACABAR.
VOCÊ VAI CRESCER NÉ?
TE DESEJO UMA SEMANA DE PAZ E LUZ.
UM BEIJO NO SEU CORAÇÃO, EU TE AMO.

domingo, 4 de junho de 2017

A ALIENAÇÃO ESTÁ FAZENDO COM QUE MINHA FILHA SE TORNE UMA PESSOA COM FOBIA SOCIAL!!! TRISTE

ELA SÓ CONSEGUE SE RELACIONAR COM PESSOAS MUITO PRÓXIMAS E EVITA ESTRANHOS.
O PROBLEMA É QUE OS DOIS "LOUCOS" QUE SÃO OS RESPONSÁVEIS POR ELA SÃO ASSIM TAMBÉM!
A TAL MADRASTA FICA TRANCADA NO QUARTO O DIA TODO.
O PAI VIAJA A SEMANA TODA.
NÃO TEM CACHORRO E NEM AMIGOS.
AMIGOS? CELULAR E COMPUTADOR E EX BOX.
QUE PORRA É ESSA?
E AINDA TEM UMA MIERDA DE UMA PSICOLOGA QUE DIZ QUE ELA DEVE FAZER O QUE ELA QUISER, É PRA PIRAR O CABEÇÃO DE QUALQUER UM NÉ...
ESSA MERDA NUNCA VAI TER FIM E NEM SE RESOLVER.
MINHA FILHA ERA NORMAL E LINDA ATÉ O TEMPO QUE VIVEU COMIGO.
AGORA NEM EU MESMA SEI QUEM É ELA?
FUDEU.

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

..COISAS QUE DOEM NA ALMA, NO PEITO E NO CORAÇÃO...E QUE TODOS ALIENADORES DESCONHECEM E PISOTEIAM...


  1. A PRIMEIRA MENSTRUAÇÃO  UM SONHO ROUBADO POR SUA ALIENADORA - A MADRASTA.

Eu queria fazer uma festa, prepara-la, convidar as amiguinhas que estivessem no mesmo periodo,
enfim fazer um ritual de passagem.
Como foi feito comigo, pela minha avó e tias, foi lindo, inesquecível, mágico.
FILHA NEM FIQUEI SABENDO QUE VOCÊ HAVIA MENSTRUADO, esta criatura vil e perversa sequer comunicou isto a mim, a sua MÃE.
SOFRI MUITO POR TER TIDO MAIS ESTA MINHA VONTADE , MAS ESTE MEU SONHO DESFEITO POR ESTES MALDITOS ALIENADORES.
DOEU, DOEU MUITO,
MAS EU FIZ SÓ, ENTREGUEI VOCÊ A MINHA MENINA Á DEUSA MÃE E CRIADORA DE TUDO.
Essa mulherzinha roubou muitos momentos só nossos e continua roubando, mas um dia isso irá cessar.

DEDICO O TEXTO ABAIXO A VOCÊ.

EU SOU A SUA MÃE, SOU AQUELA QUE TE ABENÇOA E TE GUARDA.


Menstruação e Identidade Feminina

"A Lua natal mostra a auto-imagem das mulheres. A menstruação está conectada com a auto-imagem porque o ciclo mensal deixa claramente marcadas as fases da vida de uma mulher, desde a menarca até a menopausa.
Durante os trânsitos dos planetas exteriores para Câncer, a média de idade da primeira menstruação caiu dos 14 anos para os 12 e meio, ao passo que a menopausa foi adiada. Em épocas anteriores, nossa história reprodutiva deve ter sido muito mais próxima dos aspectos da Lua progredida para sua posição natal. Usando o método de um dia por ano, o ciclo lunar de 28 dias se transforma num ciclo anual de 28 anos. As divisões em quartos correspondem a 7, 14, 21 e 28 anos, com uma nova fase a cada 7 anos depois disso. Essas fases correspondem a mudanças em áreas lunares da vida.
A idade mais baixa para a menarca talvez não pareça importante diante disso. Entretanto, uma mulher de 14 anos está mais bem equipada do que uma de 12 para lidar com o desenvolvimento dos seios, o aumento dos hormônios e a atenção sexual que a puberdade traz. Anos antes de terem maturidade para serem mães, as meninas já estão capacitadas a tanto. Já não é incomum que meninas de 11 e 12 anos sejam levadas a clínicas de aborto, e existe uma epidemia de gravidez adolescente. Pais que "resolvem" o problema da sexualidade da adolescente fazendo-a tomar pílula, colocam em perigo o equilíbrio hormonal da filha, que é bastante delicado nessa idade. A dose extra de hormônios contribui para a perturbação emocional da adolescente. Os homens não fazem uma entrada tão bem definida na condição masculina, mas para as mulheres a primeira menstruação ou menarca é o rito de passagem para a condição feminina. Até que comece a menstruar, a garotinha talvez não se identifique plenamente com a mulher adulta. O começo da menstruação é o primeiro limiar lunar importante e prepara o cenário para todos os outros que se seguem. Nossas experiências naquele momento crucial dão o colorido às percepções de feminilidade. A partir das reações dos adultos significativos, descobrimos se essa parte de nós é suja ou natural. Aprendemos se é uma coisa positiva a ser celebrada ou uma coisa vergonhosa a ser escondida. Costumes como o tapa na cara, entre os judeus, na primeira menstruação, comunicam mensagens sobre o significado de ser mulher. Contraste-se o fato com as celebrações de um dia ou uma semana de duração, feitas para a primeira menstruação das meninas em muitas culturas nativas. (Na falta de ritos de puberdade culturalmente sancionados,talvez a gravidez na adolescência tenha a intenção de ser parcialmente uma espécie de rito de passagem — como uma afirmação "no meio da cara" de que "agora eu sou uma mulher".) Se você quiser estabelecer um ritual para sua filha ou qualquer outra garota, o livro de Marcia Starck, Women's Medicine Ways, está cheio de exemplos e dicas de outras culturas.
Cada menstruação pode trazer para a mulher heterossexualmente ativa um momento de alívio ou de desolação por não ter engravidado ainda. Muitas de nós têm medos e anseios primitivos quanto à nossa fertilidade, usando-a até certo ponto para decidir se somos ou não "mulheres de verdade". As mulheres que estão na menopausa ou sofreram uma histerectomia muitas vezes têm sentimentos intensos em relação a essa mudança, inclusive o medo de que estejam perdendo a feminilidade. Nossa identidade feminina e senso de autovalorização estão ligados a essas funções, independentemente de nossas capacidades e realizações. Não importa quão liberadas ou instruídas sejamos, elas continuam a ter mistério e poder. São muito intensas as emoções que temos em relação às panes do corpo que mais claramente nos definem como mulheres — os seios e o útero. Esses órgãos regidos pela Lua podem despertar sentimentos de inadequação, medo ou vergonha. Os homens também reagem intensamente a eles."