NOSSA LUTA

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Desde o dia 05 de Julho de 2007, que sofro a perseguição da SAP.


SOFRIMENTO SEM LIMITES – SAP!
25 de abril dia nacional de luta contra a alieneção parental!

Desde o dia 05 de Julho de 2007, que sofro a perseguição da SAP.
Desde o dia 13 de Agosto de 2007, quando fui ao MP, pela primeira vez, que rogo à justiça a libertação de minha filha dos seus ALIENADORES, mas ao invés de eu ser ouvida, fui imposta ao ridículo preconceito bairrista dos técnicos do judiciário, vítima indefesa de advogados incompetentes e sádicos, pois quanto mais me viam sofrer, mais erravam em suas petições canhestras e sem conteúdo plausível à causa solicitada!
Não obstante a isso tudo, também fui vítima dos órgãos auxiliares do judiciário, tais como Conselhos Tutelares, OAB, MP, SEDH, e outros órgãos que deveriam dar apoio e auxilio a nós vitimas dos abusos da SAP.
Fui a todos os canais possíveis e imagináveis de proteção à criança para pedir ajuda, e recebi muito pouca, porque na verdade estes órgãos não são criados para ajudar, os motivos são “todos”, menos o de verdadeiramente AJUDAR, mas sim sempre existiu e ainda existe uma grande preocupação em JULGAR!
Foi quando tomei a decisão de criar este BLOG, e partir para as redes sociais,que também existem mais JULGADORES da conduta alheia que escuta, criam-se grupos e paginas, mas que na verdade não cumprem um papel “curador”, e sim mais especulador, e eu na minha grande dor, fui vítima mais uma vez de equivocados sociais e mentais, mas serviu também como grande aprendizado, só ainda NÃO LIBERTOU A MINHA FILHA!
MEU MAIOR ACERTO FOI A CRIAÇÃO DESTE BLOG E DO GRUPO ALIENAÇÃO PARENTAL no FB.
Encontrei pessoas decentes e dignas de serem ouvidas, no cerne da minha dor, que afinal fico feliz quando vejo que estão on-line!
Neste processo da SAP, troquei de advogados, 08 vezes, desde o dia 06 de julho de 2007 até os dias de hoje, o motivo? – simplesmente por não corresponderem aos interesses da causa!
Graças a deus eu tenho poucos recursos financeiros, porque a parte contraria, tem algum e já gastou tanto, tanto, que já estão cansados de tantas petições e decisões que avançam e recuam no efeito gangorra do judiciário brasileiro, neste caso ainda bem, mas eu tenho conhecimento de pessoas que gastaram o que não tinham e se endividaram, destruíram suas vidas pessoais e sociais e partiram deste planeta sem serem vitoriosas, eu fui privilegiada pelo meu equilíbrio mental e foco, pois por tudo o que eu passo e já passei, poderia tranquilamente ter ficado prejudicada mentalmente!
Mas eu continuo no mesmo endereço da tragédia, no mesmo trabalho, e acreditando em tudo que eu já acreditava antes!
Não tive e não tenho apoio de meus familiares, até por conta de uma questão geográfica, pois eu resido a mais de 30 anos no estado de SP, e toda a minha família no estado de MG, o elo forte de minha família era a minha mãe, mas já faz 08 anos que o mal de Allzimer destruiu tudo de lúcido que existia na vida dela, e por conta disso cada um foi cuidar de sua vida, sem olhar para trás, na verdade quando tentaram um pouquinho, só atrapalharam, pois cada um vê a vida a partir de sua própria vida, mesmo sendo irmãos, tios ou primos!
Nunca usei de influencia política, nem tão pouco de trafico de influencia, e poderia tê-lo feito, mas penso que jamais estaria preparada para pagar o alto preço da corrupção, sou assistida pela defensoria pública, que tem suas falhas e limitações, mas tem que seguir protocolos e por conta disso é mais confiável, quando precisei reclamar, o fiz e fui dentro do protocolo existente atendida no prazo estipulado por eles; melhor que nada!
Quando minha filha foi levada por seus ALIENADORES, ela ainda era o meu bebe, usava chupeta para dormir, e eu tinha e gostava de contar historinhas para ela adormecer, venho às lagrimas, quando relembro deste tempo feliz, eu era feliz, minha filha era feliz...
Nada justifica hoje tanto sofrimento, nada!
Já troquei de mal com deus, já duvidei da justiça divina, não acredito na justiça dos homens, amo bem menos que amava antes qualquer ser vivente, mas em contra partida à proporção que aumentou meu amor por minha filha, é algo estranhamente compreensível, a dor que trago no peito é pela ausência diária dela em minha vida, mas hoje eu já creio mais nos desígnios de deus, e dentro do meu coração eu já sinto que apesar de completamente mudada e destruída pela dor do abandono e da exclusão, minha filha voltará pra minha vida diária, porque eu mereço, ela merece.
Agora no dia 02 de Maio irei pela primeira vez a um programa de TV, falar enfim sobre a SAP, é um privilégio e acredito também ser o resultado de minha luta, exposta aqui neste BLOG, com toda a minha dor e emoção ao falar desta maldita praga que é a SAP, estarei lá e neste momento estarei representando todas as crianças que estão hoje sendo vítimas deste crime!
Por você minha amada filha, por você!


Um comentário:

mahgaroh disse...

Neste processo da SAP, troquei de advogados, 08 vezes, desde o dia 06 de julho de 2007 até os dias de hoje, o motivo? – simplesmente por não corresponderem aos interesses da causa!

Graças a deus eu tenho poucos recursos financeiros, porque a parte contraria, tem algum e já gastou tanto, tanto, que já estão cansados de tantas petições e decisões que avançam e recuam no efeito gangorra do judiciário brasileiro, neste caso ainda bem, mas eu tenho conhecimento de pessoas que gastaram o que não tinham e se endividaram, destruíram suas vidas pessoais e sociais e partiram deste planeta sem serem vitoriosas, eu fui privilegiada pelo meu equilíbrio mental e foco, pois por tudo o que eu passo e já passei, poderia tranquilamente ter ficado prejudicada mentalmente!