NOSSA LUTA

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

FILHA, estou lutando pelos seus direitos,...mas aqui neste pais as coisas sérias, andam a passos alijados, pelo corporativismo descomedido...mas eu jamais desistirei...TE AMO.

para Coordenação,: disquedenuncia, bcc: conanda, bcc: CAO, bcc: infoeducacao
mostrar detalhes 22 set (4 dias atrás)

Senhores,
Boa Tarde,

Em devolutiva ao e-mail abaixo, tenho o seguinte a ponderar:
Esta escola nunca foi 100% transparente, imparcial e justa comigo, mãe, em relação as questões escolares de minha filha, sempre deram crédito apenas ao genitor pagante, e sempre me trataram como o mesmo e seu advogado propunham a escola - uma destituida do poder familiar - sem direito algum sobre as decisões na vida escolar de minha filha.
E o epsódio presente esta caminhando para a mesma falta de respeito, porém hoje isto se dará de outra maneira, o genitor não tomará mais nenhuma decisão em relação a vida escolar de minha filha unilateralmente, pretendo colocar cada um em seu lugar, escola , genitor, mãe, filha e os "profissionais".


1 - Porque não me enviaram a lista com os nomes dos profissionais sugeridos ao genito? - quero crer que esta não será uma decisão unilateral, o fato dele ter a guarda provisória de minha filha não lhe dá o direito de definir, tais situaçoes ao bel prazer, aliás devo deixar claro que até a presente data voces Escola e o genitor mantiveram uma parceria, sempre me deixando de fora de todas as decisões relativas a minha filha, tornado a mesma a maior prejudicada, como se deu no fato de de não me comunicarem em 2010, que o genitor pretendia transferir a minha filha desta escola, no meio do ano letivo, o que resultou em mais uma frustração para a minha filha, provocada pela falta de noção do genitor e da inabiilidade da escola em me comunicar o fato antes de todo o procedimento concluido, assim  como ocorreu no caso da psicologa Elem(relatório psicopedagógico, feito em 2010, que dava conta desta mesmas dificuldades, e o genitor e a escola, não me participaram de nada, soube por acaso) , que também foi uma indicação da escola e deu no que deu, penso que se recordam dos fatos aqui narrados, portanto deixo claro que doravante o genitor não mais tomará nenhuma decisão a respeito da vida de minha filha sem a minha conivencia, no meu modo de entender a escola sempre se posicionou de forma equivocada e omissa em todos os assuntos referentes a minha filha, desprezando por completo os meus direitos de mãe e de mantenedora também do poder familiar, independentemente se o pagante das mensalidades escolares seja o genitor.

2 - Tenho direito a estes nomes, ou esta lista, pois o genitor não tem a meu ver condiçoes de decidir sozinho a vida psicologica e pedagógica de minha filha, haja visto a situação em que ambos deixaram ela chegar,  a escola, que sempre falhou na orientação e o genitor que sempre foi e é um procastinador e omisso na vida de minha filha em todas as áreas, deixo claro ainda se isso não for decidido em consenso, e se não for aprovado também por mim os profissionais que irão acompanhar minha filha, aviso desde já que tomarei as medidas judiciais cabiveis para garantir os meus direitos e os direitos de minha filha, sendo assim julgo mais inteligente,fazermos esta discussão em comum acordo, escola, genitor, mãe, e os tais profissionais, ( quero ver o curriculum de cada um e as habilidades nas competencias propostas, para que não se repita o mesmo que aconteceu com a psicologa Elem), e quando não ocorre as praticas de inteligencia nestas questões, a única e maior prejudicada é a minha filha, como acontece até agora.

3 - Aguardo a tal lista o mais urgente possivel, pois o tempo esta passando e minha filha ficando no prejuizo, por conta da falta de habilidade da escola na condução dos fatos, e do genitor, por ser um procastinador e desinteressado na vida escola de minha filha.



Em 22 de setembro de 2011 14:04, Coordenação <coordenacao@colegiopedroerafael.com.br>

3 comentários:

mahgaroh disse...

ACREDITEM SE QUIZER...mas a minha filha esta com problemas de aprendizagem , é claro reflexo de toda a ALIENAÇÃO PARENTAL, que vem sofrendo nestes 04 anos, eu, mãe, já procurei denunciei, falei em todos os orgãos de proteção deste pais, eu continuo sem respostas, minha filha continua sendo Alienada e sem a ajuda de que precisa para se desenvolver...QUE PAIS É ESTE???, QUE JUSTIÇA É ESTA???

Márcia disse...

Mahgaroh, precisamos ir às televisões, denunciar, levar o processo, a sua advogada, arrumar um advogado filho da &@#$%*&#@%¨para, enfim, trazer uma decisão favorável à Karimah, que é claro, estar com você. Vamos nos prostrar em frente à pessoas incluentes da tv para que elas interfiram e chegue ao STF. Vamos jogar todas as fichas, não dá mais para esperar que essa justicinha de São Paulo faça alguma coisa. Vamos lá???!!

mahgaroh disse...

Marcia, eu topo!...
Vamos nos unir e preparar um dia D, e fazermos a coisa andar...
Vamos nos falando!